Availability: Disponível

Pinte-me de Azul

SKU: 978-65-84634-91-6

R$84,90

Livro em Pré-venda até 05 de Outubro
Previsão de saída: A partir de Dezembro

Pinte-me de Azul

O livro traz olhares e sentidos humanistas, mostrando uma poesia crítico-social que jorra na defesa de tudo o quanto seja vulnerável. Ao importar-se com a dor alheia, Gisela também chora a dor da Terra, e verte versos, em resistente revolução. Na obra há estampas de memórias, povoando poemas de possibilidades de voos, na perspectiva de soerguimento. As palavras são puxadas por um metafórico fio azul catártico, que “pinta” o livro de modo a alcançar a representatividade de seres diferentes em suas essências, onde também a autora encontra uma fresta para si.

Termos da Pré-Venda:

  • Livros em pré-venda estão no final do processo de editoração e serão impressos após a finalização da pré-venda.
  • Portanto, possuem previsões de entrega iniciais e descritas acima em “Previsão de saída” . Esta data constitui a data a partir da qual a editora enviará os pedidos da pré-venda.  Os prazos de entrega destes produtos são uma previsão e podem sofrer alterações posteriores para maior ou menor tempo.
  • Verifique os prazos na descrição do produto antes de efetuar a compra. Atualizações futuras tais como o código de rastreamento após o envio e outras informações serão enviadas ao e-mail informado no ato da compra. Você também pode acompanhar o andamento do seu pedido acessando sua conta no site.

A confirmação da compra do produto em PRÉ-VENDA aplicará na aceitação destes termos.

 

Categorias: ,

Descrição

Autora

Gisela Maria Bester

Páginas

128

Gênero

Poesia

Formato

Capa Dura

ISBN

9786584634916

 

O livro traz olhares e sentidos humanistas, mostrando uma poesia crítico-social que jorra na defesa de tudo o quanto seja vulnerável. Ao importar-se com a dor alheia, Gisela também chora a dor da Terra, e verte versos, em resistente revolução. Na obra há estampas de memórias, povoando poemas de possibilidades de voos, na perspectiva de soerguimento. As palavras são puxadas por um metafórico fio azul catártico, que “pinta” o livro de modo a alcançar a representatividade de seres diferentes em suas essências, onde também a autora encontra uma fresta para si.
_______________________________________
Os poemas que compõem este livro revelam uma poeta que não teme os finais, mas que se apega ao durante, aos entremeios, justamente por entender que é neles que reside a sua voz. A voz que, diante do desamparo, grita a necessidade de ser ouvida, de estar presente, materializa-se poesia em pupa, como a se afirmar diante do mundo: não há mais adiamento, “tempo de pupa é sempre.”

Carla Guerson
Escritora e autora dos livros O som do tapa e Fogo de Palha.

 

PINTE-ME DE AZUL


(à multiartista brasileira Maria d´Apparecida, cantora lírica negra consagrada na interpretação de Carmen, de Bizet, na Ópera de Paris – Rio de Janeiro-1926, Paris-2017)

Então pinte-me de azul,
disse ela
em seu vertiginoso
colossal
uterino
e líquido
insight
que fez
do homem um gênio.

Pinte-me de azul,
disse a gigante
musa negra
que tinha em si
todas as cores
e não precisava
de nenhuma delas
para ser definida.

Na grandeza
surreal
da voz
do corpo
do gesto
o alcance generoso
do passo
de quem
por tudo passou
e não passou.

Pinte-me de azul,
disse Maria D´Apparecida
a Félix Labisse
disse
disse
disse

Sobram cores
faltam cores
mas o azul ficou
imortalizou
um homem
um movimento
e uma Mulher
que veio antes
que veio maior
estrela azul
imortal.

Não há céu
que te caiba
pintada de azul.

Informação adicional

Peso 130 g
Dimensões 16 × 23 × 5 cm
Autores